Blogger Template by Blogcrowds.

descompensada

Engraçado como é possível gostar muito, e não gostar nada de uma mesma coisa. Isso acontece com o mês de abril.
Abril é um mês estranho, passei a perceber que me sinto realmente estranha quando este mês chega, e não é pelo motivo de eu ficar mais velha, inclusive de todas as recordações que tenho este é um mês em que sempre fico doente. Perdi as contas de quantas festas eu passei com febre sentada no sofá enquanto minhas amiguinhas corriam de um lado para o outro. A culpa deve ser do outono.
Talvez pelo fato de ser o mês mais trabalhoso do ano para mim. Foi em abril que nasceu a Karen pessoa, foi em abril que nasceu a Karen mãe, e desde então preciso trabalhar ainda mais os meus sentimentos neste período.
Uma certa nostalgia me preenche, é fato o quanto a saudade aperta. Me impressiona a velocidade do tempo.
É necessário prestar atenção em tudo que sinto para que eu não me perca e saia por aí distribuindo algumas patadas.
Hoje sonhei com você, estava linda e gostosa, com uns 6 meses. Não estava muito firme, por isso deduzo que você estava com esta idade. Cabeluda e cheirosa, macia, meiga. Muito raro isso acontecer, mas imagino que quando o coração aperta alguém lá de cima te permite me visitar para matar a saudade. Um bebê de 06 anos ainda não aprendeu a linguagem dos adultos, fazem somente resmungos e sorrisos e durante o sonho enquanto eu te abraçava você disse: "descompensada". Eu ri e te dei um beijo, mas que foi esquisito, foi!
Estou com uma sensação gostosa, de ter te sentido de novo. Não tivemos muito tempo aqui, e fico feliz quando te sinto. Tenho medo de que as lembranças fiquem muito longe, de não conseguir lembrar do nosso toque. Para isso conto com a sorte de receber suas visitas, mesmo que tão raras.
Obrigada Lelê, meu grande e maior amor.

2 comentários:

minhas lagrimas escorrem pelo meu rosto e nao consigo traduzir isso em palavras!

17/04/2010 22:39  

linda,
com você ela estará sempre. lembranças podem ser apagadas ou enfraquecidas com o tempo. sentimentos não. e tua pequena será sempre puro sentimento dentro de você.
bjo

25/04/2010 00:36  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial