Blogger Template by Blogcrowds.

coisa muito esquisita.

não tenho outra definição a não ser esta. É como se uma pequena parte se perdesse, tornando-se um fragmentozinho de barro seco do sertão que engoliu toda a água que outrora representava um exemplo de amor. Aquele em que um conhece tão bem o outro que palavras são desnecessárias onde existe o olhar. A paciência e o zelar enorme, risos, sorrisos...admiração arrancavam dos outros com a maior facilidade.
Hoje meu coração está na UTI aguardando ambos. Desejos de felicidade para meus grandes amores, afinal os olhos lindos dela, e as cores nele a deixam com certa nostalgia dos tempos em que erámos três, mais a boneca, quatro.
O que dizer quando seu sorriso sumiu, e lágrimas sei que derramaram?
O que fazer, quando o que eu tanto desejei, deixou de ser desejo de vocês?
Aqui estou, dedicando meu amor de irmã, de melhor amiga e reorganizando um futuro diferente do que imaginei ao lado de vocês, tendo a certeza das certezas de que por mais eu que já tenha sofrido a pior das perdas não tenho capacidade de ajudá-los. Uma coisa nunca mudará, o meu amor, a felicidade de ter sua amizade e o meu eterno desejo de ver seus sorrisos e gargalhadas novamente, mesmo que não mais ao mesmo tempo.

3 comentários:

boiei.

e eu não sei boiar...

26/02/2010 11:55  

flor,
a vida é assim mesmo, não?
idas e vindas, perdas e ganhos.
os dois lados da moeda.
tem um, mas o bom é que também tem outro.
bjo

06/03/2010 07:51  

linda,
se quiser dicas pra usar o wordpress me fala, pode me escrever no renata@atelierdapalavra.com.br
o wp é menos customizável q o blogger mas eu acho bem mais interessante, não dá tanta dor de cabeça com formatação...
enfim qualquer coisa me escreve, bjo!!

17/03/2010 14:08  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial