Blogger Template by Blogcrowds.

tem alguém me esperando...

dezembro foi um mês bastante corrido, não por ser o último mês do ano, mas aqui dentro, meu alarme soava a cada final de dia, exigindo de mim certas definições. gosto de participar das definições de ano novo, por mais que em relação a tempo não mude nada além de como veremos a data em nossos calendários, aquela esperança de ter um ano melhor, vive em mim. é interessante perceber que após passar por um ano extremamente delicado, não me deixei decepcionar com a vida.
não fiz um post de encerramento para 2008, decidi que esta despedida deveria ser somente minha.
ouvi diversos resumos sobre o ano que acabou, de todos os tipos: alguns tiveram ótimos resultados, outros tiveram um ano satisfatório, outros detestaram 2008, enfim...cada um com aquele resumão pronto dentro de si. eu, diferente da maioria, não tenho uma frase, ou, palavra que defina totalmente o ano que se foi.
entretanto, tenho muito claro a importância de 2008 em minha vida. 2008 foi o ano em que me descobri, foi o ano em que tive os melhores e os mais doloridos dias de minha vida. foi o ano em que uma karen se revelou. quem me conhecia antes e não conviveu em 2008 comigo, precisará me conhecer novamente. em 2008 recebi o mehor presente da vida. descobri o amor incondicional, conheci a minha filha, me conheci, conheci pessoas que imaginei já conhecer, conheci novas pessoas, conheci o poder da vida, conheci a força de uma mnae, conheci na minha, uma outra mãe, conheci pessoas que somente passaram, conheci outras que querem ficar, e outras que já ficaram, independente de onde estejam. conheci o maior amor e a maior dor do mundo.
tive somente uma virada de ano com a minha filha, mas ela ficou aqui dentro, e será a primeira pessoa que pensarei naquela meia noite, todos os anos, e isso me fará sempre mais forte, me fará acreditar cada vez mais na vida. vi que não tenho mais aqueles desejos todos de ano novo, mas o crer em que terei dias melhores está em mim, mais forte do que nunca.
sempre disse aqui, que não desejo a ninguém, sentir a dor que senti. entretanto, pensando bem, assistindo a maneira como as pessoas agem, hoje, cheguei a conclusão de que alguns traumas profundos fazem muito bem ao ser humano. quando vejo a mediocridade, o desrespeito, a arrogância, a falta de confiança em si, o egoísmo ainda tão presente, chego a imaginar se não seria a vida, se encarregar de fazer as pessoas a se tornarem seres humanos.
A minha postura para este ano que se inicia, é de que será um ano diferente. espero diferentes situações, diferentes sentimentos, diferentes ares, diferentes expectativas...a diversidade nos ensina. resumindo, espero que 2009 seja um ano de mais aprendizado, quero continuar com esta visão da vida. nem tudo que dói, é ruim. aprendi a enxergar o lado bom das coisas, a ser mais positiva, e definitivamente, a continuar crendo que se eu quero, eu consigo.
um ano bom, é aquele em que conseguo produzir algo, mesmo que não seja visível aos olhos de todos.
terminei o ano com uma boa limpeza aqui dentro, agora, tem espaço, pode vir.

8 comentários:

linda,
tenho certeza que em 2009 você continuará crescendo, aprendendo, e sendo cada vez mais essa mulher porreta que tenho orgulho de "conviver", mesmo que apenas virtualmente...
um ano iluminado pra você, querida, do fundo do coração.
bjo

03/01/2009 14:39  

Que venham dias melhores em 2009 =)
Beijos

03/01/2009 19:08  

Karen,
Que alegria serena ler suas palavras!
Dias coloridos e suaves descobertas para ti nesse 2009.
Beijos.

06/01/2009 10:00  

Clap, clap, clap!!
Que venham todos os dias e que nós sejamos melhores!!!
Cantar a beleza de ser um eterno aprendiz...

08/01/2009 22:42  

Saudades.
Beijos.

10/01/2009 12:28  

Um ano de luzes acesas, rosas abertas e um mar de paz para esse seu espírito tão bonito, Ká.

Seus textos recentes estão sutilíssimos e carregados de emoção, somos todos seus fãs por aqui...

Um beijão querida
Bárbara

15/01/2009 14:43  

Um ano de luzes acesas, rosas abertas e um mar de paz para esse seu espírito tão bonito, Ká.

Seus textos recentes estão sutilíssimos e carregados de emoção, somos todos seus fãs por aqui...

Um beijão querida
Bárbara

15/01/2009 14:44  

Este comentário foi removido pelo autor.

15/01/2009 14:44  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial