Blogger Template by Blogcrowds.

é preciso ter cuidado

Quando era criança, eu não tinha idéia do que a vida significava. Gostava de sentar aos pés do meu bisavô, que passava as tardes contando histórias a mim e a minha prima. E cotidianamente, após aquelas viagens na qual os três embarcávamos, fazíamos uma visita ao tio da padaria de onde sempre levávamos alguma guloseima. Mais tarde, corríamos para ver o nosso bisavô tirando o "olho de vidro" para lavar (ele usava prótese, coisa que fui aprender bem mais tarde, mas atee então, meu bisa era mais legal ainda que os outros pois só ele tinha o "olho de vidro"!!).
O maior medo era não ganhar a tão esperada Barbie com a roupa de gala, ou ter os móveis preferidos escolhidos primeiro por minha prima na brincadeira de casinha. Lembro-me como se fosse hoje, como tanta simplicidade as vezes me faziam pensar que era chato demais ser criança, mas mesmo assim, nunca desejei que fosse diferente.
Mas o tempo passa, e assim como todos, cresci, e passei de criança a mulher. Dias atrás, me peguei falando pra minha mãe: "ser adulto cansa, queria só um pouquinho, voltar a ser criança". Tenho certeza que todo adulto já pensou isso em algum momento de sua vida.
Ser adulto traz consigo outras delícias que não tínhamos na infância, entretanto, alguns aprendizados um tanto quanto doloridos.
Hoje, olhando pra trás, pensando no meu caminho até hoje, entendo quando alguns amigos falam de sua admiração na maneira como lido com as coisas. Sabe, confesso que não foi fácil, principalmente aprender a viver com a ausência da minha boneca, e para estes, tão queridos, a explicação é a seguinte:



se tiver cuidado com seu coração, seus sentimentos e acreditar que, por pior que esteja sua vida no momento, acredite, mesmo a maior dor do mundo um dia acalma, este coração dolorido cicatriza. Tudo passa. Toda felicidade e toda dor passam, assim, em um piscar de olhos, é preciso saber olhá-los e sentí-los, e, o mais importante, como diz Robert Carlos, saber viver. Geralmente, há beleza na flor com espinhos.

4 comentários:

é por ainda acreditar que td passa, q consigo aindar ser otimista e levantar todo dia.E rir e chorar e me sensibizar...
Ah,mas q um dia eu vou me esbaldar,eu vou,rs!!!E ta convidada!!!

12/07/2009 21:34  

Geralmente há sim!
Abraço, Flor colorida, aos seus espinhos, suas pétalas e perfume.

13/07/2009 00:02  

há, sempre há. pra quem tem olhos de ver.
você tem.
bjo grande.

16/07/2009 22:35  

Dani,
infelizmente, foi atravees de uma dor em comum que nos conhecemos. Vai fazer quase um ano que nos tornamos amigas...veja como as coisas mudaram comigo! Quem diria, que, hea um ano atrás, a ausência do chão me impedia até mesmo de respirar. Ainda bem que existe o tempo. Viva o tempo. Continue acreditando, e conte sempre, sempre comigo.
ESpero mesm que me convide! hahaha

Estrela,
ainda bem né!

Tata,
a gente aprende a ter, assim como você, uma visão sempre bela das coisas.
Bjs nas suas pimentinhas.


bjs

16/07/2009 23:05  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial