Blogger Template by Blogcrowds.

adeus ano velho....

Nessa época do ano, não raro faço o balanço anual, mas sem motivo algum, não fui pega este ano por tal vontade até que em uma visita ao blog da Tata - Bicho Solto li um post que me despertou a fome de olhar atenciosamente este ano que fica.

2009 foi em sua maior parte um ano de testes, fui testada em relação a todos os meus aprendizados declarados em 2008 e confesso que alguns momentos foram difíceis, principalmente quando me deparei com reações inesperadas. Por outro lado foi o ano em que encontrei ele que tão rápido quando um trovão passou a fazer parte intensamente da minha vida, fazendo com que eu aprendesse a dividir meu dia a dia, minhas realizações, preocupações, sorrisos e lágrimas.

Começo 2010 de mãos dadas com ele, com novas possibilidades de trabalho, com opções de caminhos a seguir, com o coraçnao cheio de esperança e a cabeça cheia de idéias, com o amor ainda maior pela minha boneca, se é que isso é possível.

E seguindo a idéia da Tata, em 2010 não posso esquecer:
Que nenhuma dor é insuperável, que não existe certeza, que há males que vem pra bem, que infelizmente, ainda existem pessoas que tratam a amizade como descartável, que preciso parar de me cobrar tanto, que não adianta tentar ajudar se a pessoa não se ajuda, que muitas pessoas, assim como eu preservam a amizade, que alguns arrependimentos são momentâneos e não só os meus, que não sou obrigada a amar só porque é da família, que o universo me escuta e atende, que é possível amar de novo, que nem todos os homens são iguais, que tenho muito orgulho de quem sou e do meu caminho, que continuo muito ciumenta porém mais controlada, que as mãos amigas aparecem quando menos se espera, que agora consigo entender a dor da perda e não sofrer com ela, que a Valentina continua sendo o melhor presente que a vida me deu, que minha mãe se torna cada dia mais incrível, que passei a gostar de abobrinha, que é possível retomar velhas amizades, que o ponto do risoto é mais durinho, que aprendi a escutar mais do que a falar, que minha intuição não falha mesmo, que as vezes é preciso ser dura mas nem por isso perco a ternura, que minha timidez diminuiu, que continuo adorando escutar mil vezes a mesma música, que não sou mas consumista (eba!), que pisco é uma delícia, assim como banho de girassol, que algumas mães não devriam mesmo ter filhos, que as pessoas podem me surpreender muito mais positivamente, que negocio bem, que as vezes sou dura demais com pessoas muito queridas, que sou filha de iansã, que tudo pode mudar, que todas as mudanças são válidas, que errar é humano e nem sempre proposital, que quando se ama nada é impossível, que eu sou muito eu e parecida com mais ninguém.

Um brinde ao ano novo!

7 comentários:

linda,
adorei tua lista. tão importante a gente lembrar de certas coisas né?
ah, só uma coisinha, não é Tatá, é Tata, sem acento! ;-)
bjim

21/12/2009 23:11  

Balanço bom o seu!
Gosto de ler e aprender com voce!Fico feliz com esse ano de superação.meu ano continuou sendo de provas,que ando me saindo melhor,penso eu!feliz ano novo pra nós!!

22/12/2009 01:22  

Tim tim, Karen!!!

22/12/2009 15:52  

Ei, você, aonde vai com tanta pressa?
Eu sei que você tem pouco tempo...Mas será que poderia me dar uns minutos da sua atenção?Percebo que há muita gente nas ruas, correndo como você.
Para onde vão todos?
Os shoppings estão lotados...Crianças são arrastadas por pais apressados, em meio ao torvelinho...
Há uma correria generalizada...
Alimentos e bebidas são armazenados...E os presentes, então?
São tantos a providenciar...
Entendo que você tenha pouco tempo.
Mas qual é o motivo dessa correria?
Percebo, também, luzes enfeitando vitrines, ruas, casas, árvores...
Mas confesso que vejo pouco brilho nos olhares...
Poucos sorrisos afáveis, pouca paciência para uma conversa fraternal...
É bonito ver luzes, cores, fartura...
Mas seria tão belo ver sorrisos francos...
Apertos de mãos demorados...
Abraços de ternura...
Mais gratidão...
Mais carinho...
Mais compaixão...
Talvez você nunca tenha notado que há pessoas que oferecem presentes por mero interesse...
Que há abraços frios e calculistas...
Que familiares se odeiam, sem a mínima disposição para a reconciliação.
Mas já que você me emprestou uns minutos do seu precioso tempo, gostaria de lhe perguntar novamente: para que tanta correria?

Em meio à agitação, sentado no meio-fio, um mendigo, ébrio, grita bem alto: "viva Jesus, feliz Natal"!
E os sóbrios comentam: "é louco!”.
E a cidade se prepara...
Será Natal.
Mas, para você que ainda tem tempo de meditar sobre o verdadeiro significado do Natal, ouso dizer:
O Natal não é apenas uma data festiva, é um modo de viver.
O Natal é a expressão da caridade...
E quem vive sem caridade desconhece o encanto do mar que incessantemente acaricia a praia, num vai-e-vem constante...

Natal é fraternidade...
E a vida sem fraternidade é como um rio sem leito, uma noite sem luar, uma criança sem sorriso, uma estrela sem luz.
Mas o Natal também é união...
E a vida sem união é como um barco rachado, um pássaro de asas quebradas, um navegante perdido no oceano sem fim.
E, finalmente, o Natal é pura expressão do amor...
E a vida sem amor é desabilitada para a paz, porque em sua intimidade não sopra a brisa suave do amanhecer, nem se percebe o cenário multicolorido do crepúsculo.
Viver sem a paz é como navegar sem bússola em noite escura...
É desconhecer os caminhos que enaltecem a alma e dão sentido à vida.
Enfim, a vida sem amor...
Bem, a vida sem amor é mera ilusão.
Que este Natal seja, para você, mais que festas e troca de presentes...
Que possa ser um marco definitivo no seu modo de viver, conforme o modelo trazido pelo notável Mestre, cuja passagem pela Terra deu origem ao Natal...
Texto da Equipe de Redação do Momento Espírita.
meu carinho
De

22/12/2009 17:23  

Muito bom!!! Gostei muito do teu blog e estou seguindo!

Fica com Deus! Beijos e muita saúde pra tua princesa!!!!!!

25/01/2010 10:45  

Obrigada pelo comentário e pela visita. Se tiver um tempinho com a Valentina, rsrs...adiciona meu blog tb.

Beijão!

26/01/2010 21:58  

Flor, volta aquiiiii....

Tenho estado distante dos amigos que posso ver todo dis e tão próxima daqueles que moram longe!

Não, não! Não vou deixar vc se afastar.

Volto a noite para te ler, com calma, sem relógio, compromissos, manicure, plano de aula,,,

Beijão!!!

05/02/2010 10:31  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial