Blogger Template by Blogcrowds.

eu quero paz e arroz....



*troquei a música!

almejei demais este momento. serenidade. nenhum vento forte arrancando roupas do varal. mar calmo. sem nuvens no céu.
dizem que após a tempestade sempre vem a bonança, esta ainda não deu as caras por aqui mas se a tendência é melhorar então não ouso reclamar. tenho pensado muito em tudo que ocorreu nos últimos tempos e não encontrei uma explicação lógica de como levantei. a situação era um operário subterrado nos escombros da estacnao de metrô de pinheiros. no meu caso não haviam tantos bombeiros a resgatar-me. somente uma bombeira e alguns cidadãos com boa vontade. mas a eles cabe o árduo trabalho de retirar a terra e cabe ao operário manter-se vivo. fechar os olhos e acreditar que sairá dali. e mesmo com toneladas de terra sobre seu rosto, respirar. enquanto tentam mostrar-lhe um feixo de luz o operário busca esperança mesmo sentindo toda dor do peso esmagando-lhe os ossos tanto que lhe impede de pensar. mas ele encontra forças de um super herói e sai. seus olhos nunca mais enxergarão a mesma coisa. assim minha visão de mundo mudou. seguindo as orientações da minha terapeuta encaro-me no espelho e não reconheço aquela mulher. pergunto-a quem ela é e de onde veio. a que veio, descobri. a mulher que sou hoje não cabe aquele rosto de menina. é estranho olhá-la nos olhos. mas foi aquela menina que suportou o chão esvaindo-se sob os pés e com suas pequenas mãos agarrou na beira do abismo e como que uma mágica seus braços, pernas e tronco cresceram, tornando-a esta mulher que aqui está. não mais faz birra como a menina, entende quando não pode ter o que gostaria, engole o orgulho e pede desculpas, acende a luz e diz não. perdeu muitos medos. mas sem a menina, a mulher não valorizaria cada uma destas conquistas. até sua dor é valorizada. como pode uma dor que mata estar lá mas não doer mais? foi a resistência da mulher ou a esperança da menina? agora tudo tornou-se simples. eliminou os "se", "mas", "quando", "talvez", "quem sabe" de sua vida. é "sim" ou "não". não sei se é coração em paz, ou coração livre. que não a tenho mas para sempre seremos nós duas. simples assim. hoje, posso dizer que sem tudo o que eu tanto quis estou em um momento muito bom na vida.

14 comentários:

Sabe, é o calor que faz o milho estourar!
Um simples milho vira pipoca.
Mas alguns não passam do piruá.
Acho então que a motivação vem de fora.
A força vem de dentro.
Uma mulher não são apenas duas, mas são mil mulheres que se adpatam a cada situação que a vida oferece, seja com o sorriso angelical de menina, ou com a força e raça de mulher, de Marias.
Mas é preciso ter força, é preciso ter graça, é preciso ter sonho sempre, quem traz no corpo essa marca, possui a estranha mania de ter FÉ na vida!!!

(Acho que a música nem é assim, mas são estas as frases que considerei próprias!!)

Abraço grande!

17/11/2008 22:10  

Este comentário foi removido pelo autor.

17/11/2008 22:11  

QUe droga, a concordância de "mulher são" ficou feio, mas acho que o apenas duas vai melhorar as coisas!!

17/11/2008 22:12  

é tão estranho pensar que passei tudo isso e estou quase inteira, pelo menos o mais inteira que posso ficar.
realmente não tenho mais-ainda fé em deus, mas tenho fé na vida. fé que amanhã˜será diferente. não precisa ser melhor eu gosto do diferente.

bj

17/11/2008 23:10  

Karen
q coincidencia ,acabei de postar e tbem falei de como me levantar...
Não tenho muito pra te falar,se tivesse ,falava pra mim!
beijos

17/11/2008 23:31  

Karen,
Apesar de cada vida ser única, "tardebal" disse o que penso: "não tenho muito pra te falar,se tivesse falava pra mim"!

bjs.

18/11/2008 12:00  

Que texto lindo! Adoro ver vc falando, assim. Há muitos dias não se entregava assim à seus devaneios, não é? Rs!

Mas, aqui, um "quem sabe" de vez em quando, descobri, é bãããooo!!!

Beijos, Flor!

18/11/2008 16:46  

minhas amadas Estrela, Dani, Sheyla e Coração,
espero que saibam que a vocês também cabe o mérito de tirar a terra.

Dani,
para vc, em especial, desejo de todo meu coração que vc sinta o que eu sinto hoje. uma paz que conquistei com um preço alto, mas que traz orgulho. lembre-se sempre de uma cooisa: o du foi a maneira que a vida lhe impIos que prestasse mais atenção nela. Pense nele sempre com muito amor e alegria, sem dor.

Sheyla,
não faço questão de palavras bonitas o que importa é vcs ao meu lado.

Coração,
rsss..fazia tempo né? ando mais contida. receio de expor demais. falta de tempo também. falta de palavras para explicar o que sinto. mas vc me conhece e sabe que sinto tudo mesmo agora ao mesmo tempo sempre! rsss
Não consigo dar espaço para duvidas mais, mas me permito deixar acontecer!


bjs

18/11/2008 20:43  

eu diria que foi uma vitória das duas: a mulher e a menina, caminhando juntas. e assim seguirão, talvez para sempre. tem coisa mais bonita?

19/11/2008 09:30  

Esta carícia de fresca brisa
Transporta a beleza de Oriente
Uma voz doce cede ao silêncio
Esta aurora acorda finalmente

A sombra perdeu-se na luz
Escuto o pranto e o riso na bruma
Palavras fugindo ao sentido
Lembranças perdidas na espuma


Boa semana


Mágico beijo

20/11/2008 10:22  

Tata,
realmente uma sem a outra seria muito estranho. é bom ser mulher, mas adoro ser menina.

Profeta,
que lindo, seu poema iluminou os comentearios!

bjs

20/11/2008 11:35  

Saudades...

20/11/2008 14:10  

Cheguei agora , e de metido vou dizer sim o que penso , tenho já 45 e também um filho que é minha Vida .
Keep like that , trabalhando duro nessa verdadeira empreitada do Amor que começou , erga a cabeça e olhe sempre para frente , no máximo ao lado , para trás deixe as tristezas , use-as só quando precisar se fortalecer .
Gosto de gente bem assim fuerte de fibra com auto-estima fortalecida e que sabe exatamente o que NÃO quer mais dessa Vida , assim você vai longe , com certeza mais longe e mais cedo do que imagina .
Lembre-se sempre que tens o direito e o dever de ser FELIZ o resto são só flôres .
Beijo .
Se cuide sempre !!

21/11/2008 01:14  

Karen,
Saudades muitas!
Passo para dizer que estou bem e vou sumir por uns tempos.
Sempre tive preguiça de computador e outras modernidades, rs...
Assumo agora a preguiça, mas depois eu volto!
Espero que estejas bem e torço para isso.
Gostar não se explica, né?
Então, saibas que gosto muito de vc.
Bjs

21/11/2008 17:36  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial