Blogger Template by Blogcrowds.

Para ti, Valentina.

"Tu és bela como o sol,
as estrelas e o luar.

Onde quer que estejas,
a tudo encanta tua beleza.

Esta beleza que encanta
é, na verdade, tua pureza.

Tu és bela como o sol,
as estrelas e o luar.

Para qual não há palavras,
nem como expressar.
Mas o mundo é impermanente,
e tudo vai mudar.

Tu és bela como o sol,
as estrelas e o luar.

Já que o mundo vai mudar,
um dia vai acabar.
Mas, a tua beleza,
para sempre vai continuar.

Tu és bela como o sol,
as estrelas e o luar.

O que existe de verdade
nunca pode acabar.
A vida é como um sopro,
que vai sempre terminar.

Tu és bela como o sol,
as estrelas e o luar.
Mas tua beleza é eterna,
para sempre vai ficar.
Pois a vida passa logo, mas tu vai continuar.

Tu és bela como o sol,
as estrelas e o luar.
Te amo para sempre,
para sempre vou amar.

O meu coração...de ti
nunca vai se separar.

Tu és bela como o sol,
as estrelas e o luar."


Poema de Lama Michel Rinpoche - 18 de maio de 1997.

4 comentários:

Oi Florzinha fiquei tão feliz que vc respondeu ao meu post...Obrigada
Que Deus possa confortar vc a cada dia...
"E ainda se vier noites traiçoerias se a cruz pesada for Cristo estará contigo o mundo pode até fazer vc chorar mias Lelê te quer sorrindo"

Paz e Luz pra vc...

Um beijo Bom

Elaine

28/07/2008 11:13  

As pessoas são eternas, não é?!

Um beijo carinhoso de início de semana.

28/07/2008 13:11  

Uau! Adorei esse poema ;)
Mostra um tipo de amor, o amor por um filho, que é do mais bonitos que possa existir! :)

Beijinhos *

28/07/2008 15:52  

Que lindo, Karen!!
me fez chorar mais uma vez... já está virando rotina! rs
Tenha uma ótima semana!

beijos,

Maria Carla
mcsrossi@sti.com.br

28/07/2008 16:08  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial