Blogger Template by Blogcrowds.

Não quero ainda falar sobre o meu retorno ao trabalho, mas nestes dois dias vi que a realidade bate a minha porta, e o mundo não vai parar para sentir a minha dor. Não foi ruim, mas acontecimentos que não se referem ao trabalho em questão me fizeram sentir mais ainda a falta da minha boneca. Gostaria de poder gritar pdeindo a todos que se calem mas não tenho como o fazer...

"Seja o que você quer ser,
porque você possui apenas uma vida e nela só se tem uma chance
de fazer aquilo que quer.

Tenha felicidade bastante para fazê-la doce.
Dificuldades para fazê-la forte.
Tristeza para fazê-la humana.
E esperança suficiente para fazê-la feliz.

As pessoas mais felizes não têm as melhores coisas.
Elas sabem fazer o melhor das oportunidades que aparecem em seus caminhos.

A felicidade aparece para aqueles que choram.
Para aqueles que se machucam.
Para aqueles que buscam e tentam sempre.
E para aqueles que reconhecem a importância das pessoas que passam por suas vidas."
Clarice Linspector


Ela aparecerá para mim também, em alguns momentos, mas acredito que venham. Hoje foi dolorido.

6 comentários:

Karen,
Não quero comparar os fatos, sei que são sentimentos diferentes, mas esta semana tive que voltar ao trabalho depois de uma derrota bem amarga. Eu achava que fosse vencer e todos acreditavam nisso também. Chegando lá, na segunda de manhã, ninguém quis nem tocar no assunto, todo mundo evitava até falar comigo (eles que sempre brincam muito!). Ficaram constrangidos com meu silêncio!Eu nem quis fingir que estava tudo bem, porque não estava. Eu estava triste mesmo. Meu sentimento era dor misturada com frustração. Só que percebi que o mundo continuou girando. Precisamos só de um dia. Um de cada vez.
Uns serão mais doloridos que outros, mas a felicidade estará lá, guardada em pequenos instantes.
Como um arco-íris...

16/09/2008 22:34  

Não quis te falar sobre essa parte, mas quando voltei ficava num misto de sentimentos,não queria que tocassem no assunto mas tbem não compreendia como a vida continuava apesar da minha estar em frangalhos.Havia dias que um cliente sentava em minha mesa e eu tinha vontade de falar pra ele;olha estou aqui te atendendo mas vc não sabe o que esta se passando na minha alma!
E até hoje...
E já até me peguei contando pra pessoas que não tinham nada a ver.
Dói pq vc vê que realmente esta sozinha nessa!

16/09/2008 22:46  

Poxa vida, Karen!
Imaginei que o retorno ao trabalho fosse te fazer bem, fosse trazer outros ares, outros horizontes... mas, infelizmente, a vida não é como a gente imagina, não é mesmo?!
Bom, guerreira como é, vc vai passar por essa de cabeça erguida, eu sei. Mas, de coração, não queria te "ver" sofrer...
Vou continuar rezando por vc e torcendo por dias melhores e mais felizes.

beijos, querida!

Maria Carla

17/09/2008 14:12  

Imaginei mesmo que a volta ao trabalho fosse trazer alguma coisa ruim, neste sentido.
Mais são coisas que não tem como evitar.
E vc, forte como é, vai superar mais esta.
Um bj

17/09/2008 14:22  

Mudanças são difíceis e de uma certa forma voltar é mudar, mais uma vez. Você vai superar. Com o tempo, sempre. Beijos!

17/09/2008 16:32  

Oi queridas,
desculpe a ausência...obrigada a todas por virem me dar uma forcinha, realmente estou precisando!!!

a noite tento postar e visitar todas.
bjs

18/09/2008 10:08  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial