Blogger Template by Blogcrowds.

Transformar é preciso.

A semana passada foi difícil. Tinha a percepção de que ela nunca acabaria mas sorte que minha percepção me engana em algumas circunstâncias. Inclusive, a falta de sorte me acompanhou na mesma semana. Pequenas coisas, mas que de certa forma dão dor de cabeça. Agora estou no final de outra semana, desta vez, um pouco menos difícil. Digamos até que foi uma boa semana, sem muitos ganhos, no empate. Zero a zero. Espero na próxima ficar no um a zero. Com a volta ao trabalho não tenho tido tempo de dar atenção como antes, mas isso é normal. Tive ainda nesta semana uma sessão incrível com a minha terapeuta, com resultados bem positivos, identificando algumas reações minhas e delineamos uma margem de correção. Como ela diz, reprogramação do cérebro! Amei isso. Estou praticando e não se se a empolgação é tamanha que sinto alguns resultados. Isso me remete a conversas que já tive com diversas pessoas sobre mudanças onde afirmo que mudar é possível. Acredito nesta afirmação pois busco sempre me melhorar como ser humano, creio que basta força de vontade. E muita, acreditem, já que algumas ações são praticadas sem a devida percepção. E, para finalizar, coloco aqui um texto que tem tudo a ver com esta minha semana melhor (enciado por um amigo):

MUDE
Clarice Lispector

Mas comece devagar, porque a direção é mais importante que a velocidade.
Sente-se em outra cadeira, no outro lado da mesa. Mais tarde, mude de mesa.
Quando sair, procure andar pelo outro lado da rua.
Depois, mude de caminho, ande por outras ruas, calmamente, observando com atenção os lugares por onde você passa.
Tome outros ônibus. Mude por uns tempos o estilo das roupas.
Dê os seus sapatos velhos. Procure andar descalço alguns dias.

Tire uma tarde inteira para passear livremente na praia, ou no parque, e ouvir o canto dos passarinhos.
Veja o mundo de outras perspectivas.
Abra e fecha as gavetas e portas com a mão esquerda.
Durma no outro lado da cama. Depois procure dormir em outras camas.

Assista a outros programas de TV, compre outros jornais, leia outros livros.
Não faça do hábito um estilo de vida.
Ame a novidade.
Durma mais tarde. Durma mais cedo.

Aprenda uma palavra nova por dia numa outra lingua. Corrija a postura.
Coma um pouco menos, escolha comidas dferentes, novos temperos, novas cores, novas delícias.
Tente o novo todo dia, o novo lado, o novo método, o novo sabor, o novo jeito, o novo prazer, a nova vida.

Tente.
Busque novos amigos. Faça novas relações.
Almoce em outros restaurantes, tome outro tipo de bebida, compre pão em outra padaria.
Almoce mais cedo, jante mais tarde ou vice-versa.
Escolha outro mercado, outra marca de sabonete, outro creme dental.
Tome banho em novos horários.

Use canetas de outras cores, Vá passear em outros lugares.
Ame muito, cada vez mais, de modos diferentes.
Troque de bolsa, de carteira, de malas. Compre novos óculos.
Escreva outras poesias.
Abra conta em outro banco. Vá a outros cinemas, outros cabeleireiros, outros teatros, visite novos museus.

Mude. lembre-se de que a vida é uma só.
E pense seriamente em arrumar um outro emprego, uma nova ocupação, um trabalho mais light, mais prazeroso, mais digno, mais humano.
Se você não encontrar razões para ser livre, invente-as.
Seja criativo.
E aproveite para fazer uma viagem despretensiosa, longa, se possível sem destino.

Experimente coisas novas.
Troque novamente.
Mude de novo.
Experimente outra vez.

Você certamente conhecerá coisas melhores e coisas piores do que as já conhecidas, mas não é isso que importa.
O mais importante é a mudança, o movimento, o dinamismo, a energia.
Só o que está morto não muda!

9 comentários:

vc sabe que vc esta qse me influenciando a fazer terapia?so não to achando tempo!!

25/09/2008 22:11  

Olá, Karen!!

Isso mesmo, mude! faça novas escolhas! aprenda! cresça! tudo isso faz a vida mais bela!
Adorei esse texto. Fala muito do que eu penso e acredito.
Fico muito feliz que essa semana tenha sido mais tranquila... dias melhores virão, lembra?!

Beijos

Maria Carla

26/09/2008 02:15  

ah, adorei as fotos...
vc fica linda grávida!!
como é doce a Valentina!!

mais beijos

26/09/2008 02:18  

Dani,
Vá, faça mesmo!´Todos deveriam fazer...

Maria Carla,
Bom, um passinho de cada vez, chego lá não é??
Obrigada pelo linda!! rsss...já minha boneca, foi bem linda mesmo! rssss...eu sou eterna babona :P

bjs

26/09/2008 09:18  

Dani,

Também acho. Todo mundo deveria fazer terapia... A gente cresce tanto, que vc nem imagina!

beijos

Maria Carla

26/09/2008 09:37  

Ótimo post...
mas acho que você precisa mais de um pouco de vida moça, tuas palavras são sempre tão cansadas, faça as coisas que o texto diz...
mude moça, busque sorrisos, abrace tudo aquilo que te faz sorrir...
e seja o sorrir....

bjks =o*

26/09/2008 12:14  

ei, wolfcrowling!
que falta de sensibilidade!!

Karen,
me desculpe pelo "palpite" mas não resisti!!

26/09/2008 16:49  

Rsssss...
Tudo bem Maria Carla, provavelmente ele não leu os posts antigos e não entendeu ainda a minha história.

bjs

26/09/2008 16:52  

As mudanças são fatais, excepicionando-se os episódios do Chaves, que são os mesmos desde quando eu era criança!
Embora tudo pareça igual, de vez em quando a montanha russa faz um looping e as coisas ficam de pernas para o ar. Depois retornam ao satus quo até que a brincadeira tenha fim e a gente parta para outro brinquedo no parque infinito.
Divertido às vezes!

Ai, ai,
Eu ...
Ah, um abraço, moça!!

01/10/2008 12:11  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial