Blogger Template by Blogcrowds.

Mais uma pataquada da vida

Todos ficam muito bravos comigo se falo que Deus não existe e acho que aqui não será diferente, mas que me perdoem os católicos, evangélicos, espíritas, kardecistas, e os demais mas nem todo mundo que passa um perrengue atrás do outro se apega mais em Deus. Comigo foi ao contrário, me afastei. Dele e de tudo mais que possa existir em questão de religião. Continuo sim acreditando que somos mais do que esse corpinho, que existe algo depois da morte, em karma mas não no restante. Talvez por isso eu goste muito mais do budismo. Mas falar sobre religião, política e futebol rende muito, portanto não é minha intenção provar nada a ninguém mas falar sobre meu ponto de vista. E ponto final.

Continuando, nas vezes que comento com pessoas próximas que Deus (se é que ele existe, vamos supor que sim) deve ter um plano bem engraçado para mim não é brincadeira. Isso desde pequena, sempre aconteceram fatos na minha vida que me fizeram pensar que ele fica lá em cima rindo da minha cara e esperando para ver como me saio das coisas que ele coloca para mim.

Eu, cada vez mais descrente de qualquer coisa tento buscar o conforto que preciso não em nenhuma religião, mas dentro de mim. Acho que o segredo está nisso. Mas claro, como ser humano é bem difícil praticar estas coisas todos os dias até que faça parte naturalmente. Sexta feira fui em um lugar, um centro espírita, ouvir algumas palavras para ver se ajudava. E como não poderia ser diferente, aconteceu um fato que me fez desacreditar mais ainda. Acho que o lugar existe desde 1973 e óbvio, justo comigo fizeram uma cagada enorme (com o perdão da palavra..hahaha). Sou bem esperta é difícil me enganar, isso está nos genes!
Tudo bem, não atingi meu objetivo que foi buscar naquele lugar conforto mas voltei para casa rindo, muito feliz, porque percebi que o conforto e a paz que necessito não está em nenhum lugar e nenhuma pessoa além de mim mesma. É só olhar para dentro.

10 comentários:

Oi, Karen! A correria das últimas semanas me havia impedido de vir aqui. Ainda não tinha visto a sua nova diagramação, a foto da Valentina e a sua! Vc é linda! (nas palavras, já havia percebido.)
Reflito muito sobre a existência de Deus. Acredito que o homem sempre usou isso para manipular, conseguir poder político e econômico, mas acho que Deus transcende todas essas coisas. Deus está justamente no que vc já conseguiu avaliar. Na força que encontramos dentro de nós, para superar dificuldades, exergar o belo. Na delicadeza e na exuberância da natureza. Nesses contatos tão reconfortantes, por meio dos quais aprendemos, crescemos, nos consolamos. Deus é a vida que pulsa em nós. A criação, o futuro, o bem e o belo. À parte de todos os rótulos que nos definem e existem enquanto nos demoramos nesses estágios menos evoluídos, podemos sentir Deus, sim, como vc já constatou. Continue procurando-o, querida. Converse com Ele. Deixe que ele a ensine, console-a, dê-lhe forças.
Eu tb o farei!
Grande prazer (re)visitá-la!
Abraços!

03/08/2008 15:14  

Olá Karen querida, espero que seu fim de semana tenha sido abençoado...
Como eu já disse em um post anterior, ninguem jamais poderá avaliar ou medir a sua dor... porque o que vc esta sentindo é só vc mesmo quem pode saber, perder um filho, ter uma vida tão conturbada com relacinamentos, com certeza isto não é para qualquer um mesmo... Mais vc é uma guerreira, pelo simples fato de abrir aqui sua vida já é de muita coragem... quanto a Deus somos todos filhos de um ´so criador e assim como os filhos , que se enfurecem, batem as portas, gritam, choram, qdo os punimos, os deixamos de castigo ou tiramos algo que eles apreciam, o nosso sentimento não é diferente,eu mesma já olhei muitas vezes para o céu como se naquele momento estivesse relamente olhando bem para o divino e perguntei...porque eu, porque me faz chorar tanto?, pq me deixou sozinha?, pq não tneho ninguem?....Mais depois qdo a raiva passava, eu conseguia perceber que apesar de tantas coisas ruins eu era confortada ... Sabe Karen, vou te confessar uma coisa, meu sonho sempre foi ter uma MÂE , um amor de mãe, uma assim como vc, com amor, carinho.. e eu nunca tive... e o pior fui orfã de mãe viva...e isto ainda me mágoa muito...mais sei que vou superar... Anjinho de sorte foi a Lele , por ter uma mâe assim como vc...
Beijos
Muita paz e luz pra vc...
Elaine

04/08/2008 09:45  

Está sempre nas nossas mãos definir naquilo em que acreditamos, e nos valores que dão à nossa vida.
A última palavra, seja para religião, política ou outros assuntos é nossa, e somos livres de fazer as nossas escolhas!
;P
Beijinho *

04/08/2008 13:45  

Karen,
Só quem sabe a sua dor é você. Acredito em Deus de uma forma que é a minha. Tenho certeza que vc também terá a sua forma de acreditar nele. Saiba que lembrarei de vc nas minhas orações e que vc é muito especial. Alguém um dia disse "que o nosso melhor refúgio somos nós próprios". Eu acredito nisso também!
Bjs.

04/08/2008 21:38  

Você acredita e não sabe.

Deu muitas provas disso em seu texto. Ele é isso: sua força vem dEle. Só não sei ainda te falar se é um "Ele" a nossa imagem e semelhança. Creio que pode ser arrogância humana demais pensar assim. Mas há alguma coisa mais do que isso aqui. Tem que haver explicações para tantas injustiças, acredito.

Pense que ele não ri de vc, mas para vc. Saia da defensiva. Não se force a crêr, nem se castigue lutando para não crêr.Fé não é algo que a gente pratica. É algo que a gente sente naturalmente. Dogma é dogma, querida.

Beijos

04/08/2008 22:30  

Olá, Karen!

Eu sou católica, rezo todos os dias, inclusive peço por vc.

Quando fiquei grávida da Nina, olhava minha barriga crescendo e pensava: meu Deus, sou capaz de gerar uma vidinha dentro do meu ventre! Como isso seria possível se não fosse a existência de um Ser Maior? Como alguém pode duvidar da existência Deus?

Eu te entendo e respeito o seu ponto de vista mas, acho que isso é temporário. Ainda irão acontecer coisas maravilhosas na sua vida, pode ter certeza! e vc não terá mais motivos para duvidar da existência Dele.

beijos

Maria Carla

05/08/2008 10:40  

oi,li seu blog e pude me ver em cada palavra sua,como pôde ter escrito assim meus sentimentos,tenho do meu filho tbem apenas fotos roudadas de uti,tambem fui 1 mãe de uti,por 40 dias,imagine q penoso,q tortura, como a sua o meu bb tbem era lindo,Eduardo.Seu quarto ainda esta lá,junto com as coisas q escolhi tanto carinho,como se desfaz de carinho?não sei!\tbem sofro c mães e eus bbs passeando por toda parte,agora parece 1 persiguição!Ele morreu 12 de julho e eu tbem um pouco.Se quiser ver foto dele me mande 1 e-mail ou só saiba que eu to aqui te entendendo e chorando.Alias,nem sei pq te escrevi tudo isso.
beijo

Danielle Carelli

05/08/2008 14:23  

Oi Danielle,
Gostei muito, muito mesmo por vc ter me escrevido. Sabe, quando comecei o meu blog tinha em mente justamente encontrar mães que passassem o que eu passei e vc foi a primeira a me escrever.
Acho que ninguém faz idéia do que sentimos, por mais que imaginem, mas fiz amizades deliciosas aqui. Me mande sim uma foto do seu filho, e vamos nos falar mais pois sei que ajuda muito conversar. tenho percebido que é uma dor que jamais passará, mesmo quando tivermos mais filhos, pois cada um é único não é
mesmo?
O que houve com o seu filho, ele nasceu prematuro?

Seu e-mail apareceu como não válido, confirme-o por favor.
bjs

05/08/2008 17:59  

Elga, Sheyla, Maria Carla,
Vcs são ótimas, fico muito feliz que rezem por mim pois acho que devo mesmo precisar de algumas orações jea que estou em falta com isso!
Quem sabe vcs rezando ele atende né? rss

bjs

05/08/2008 18:00  

Ei!
Bom, já disseram o que eu poderia dizer.
Que pena que a cagada foi com você, mas o principal você já tem.
Confia que é capaz e pode fazer seu caminho. Não entrega a responsabilidade do seu destino em mãos alheias. Assim, é bem mais difícil culpar Deus se algo der errado.
Acredito que tudo tem resposta e razão sim, todavia, sei das imensas possibilidades do amor.
Força para as pataquadas da vida!
Luz para enxergar e reparar!

07/08/2008 12:39  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial