Blogger Template by Blogcrowds.

O encanto da simplicidade.

"A descoberta de um erro em axiomas ou primeiros princípios baseados em fatos é como a quebra de um feitiço. Desaparecem o castelo encantado, a montanha escarpada, o lago flamejante. Os caminhos que conduzem à verdade, e que imaginávamos tão longos, tortuosos e difíceis, revelam-se como são: curtos, abertos e fáceis." HENRY BOLINGBROKE (1735)

E eu me sinto assim, pelo menos momentaneamente. Por alguma razão, estes dias consegui perceber que por mais que eu tenha um belo motivo para achar a vida difícil, não a acho. De alguma maneira percebi que as coisas fluem, os ciclos estão encerrando-se naturalmente sem que eu precise agir muito para que isso aconteça. É primordial nesta minha fase que os ciclos se encerrem, já que estou recomeçando. Como respondeu minha terapeuta certo dia a uma afirmaçnao minha "você não está começando tudo de novo, você está recomeçando. Um novo começo de uma nova etapa sendo uma pessoa diferente". Sábias palavras. Não sou mais a mesma realmente. Vezes ou outra me pergunto se é a idade ou se são os fatos que me modificaram, mas concluo que é uma mistura dos dois. Gosto muito mais de mim hoje.
Por muito tempo despretensiosamente me neguei a encerrar alguns ciclos, mais tarde fiz o máximo para encerrá-los. Não deu certo. Agora eles encerram-se naturalmente...

Posso garantir que sinto falta de alguns vícios, mas as vezes é preciso libertar as pessoas mesmo que não queiramos ser libertas por elas. Entretanto, as coisas são como devem ser, não adianta insistir quando percebe-se que mada mais acontece.

Entre todos os ciclos, faltam somente dois se encerrarem, todavia não dependem de mim, mas da vida.
Tudo é tão simples quando não questionado. Gosto disso. Pela primeira vez nesta minha maluca vida estou confortável com as mudanças.

13 comentários:

Karen,
Que bom a descoberta da leveza, heim?
Regada para um novo recomeço?
Melhor ainda.
Leve recomeço.
Bjs

21/08/2008 14:40  

Karen,

Fico muito feliz em vê-la tão serena, de verdade!

beijos,

Maria Carla

21/08/2008 14:53  

Obrigada minhas queridas,
Realmente estou me sentindo leve. Vomitei um bocado de palavras em algo que estea no rascunho e isso me fez bem. O resultado foi este outro post. É preciso encerrar ciclos para iniciar novos e abrir espaço deixando simplesmente fluir ao invés de tentar controlar me faz muito bem.

bjs

21/08/2008 15:49  

Refiz as luzes,faz agum sentindo pra vc?pra mim sim.Beijos!!!

21/08/2008 21:13  

É o tempo que faz a flor desabrochar!
É o tempo, o senhor dos destinos, tambor de todos os ritimos.(parafraseando Caetano!)
Eu digo hoje, mais do que antes, que é o tempo, esse que mora fora do relógio, além dos cronômetros, no meio do fogo das velas de aniversário, nas entrelinhas do "não te amo mais", ou ao redor dos abraços, é o tempo que desloca e ordena.
Para tudo existe o tempo certo, para sofrer e para respirar de alívio. Para maldizer o destino e logo após avaliar os benefícios da dor.
É o tempo, Flor, que nos faz descobrir o arco-íris no fundo do pote!
Aqueles malucos gregos diziam certas verdades até bem simples.
Agora é Heráclito que lhe sonda! "Tudo flui e nada permanece; tudo se afasta e nada fica parado.... Você não consegue se banhar duas vezes no mesmo rio, pois serão outras águas e ainda outras sempre vão fluindo.... É na mudança que as coisas acham repouso...."

E por trás de tudo isso está o...
Rs! TEMPO.

Ah, não diga que está vomitando palavras. Isso não é vômito! Você está pura filosofia!!!
Sopro de Eves!

******

Pensei nessa música ao ler seu post!

LISTA
Oswaldo Montenegro

Faça uma lista de grandes amigos
Quem você mais via há dez anos atrás
Quantos você ainda vê todo dia
Quantos você já não encontra mais...
Faça uma lista dos sonhos que tinha
Quantos você desistiu de sonhar!
Quantos amores jurados pra sempre
Quantos você conseguiu preservar...
Onde você ainda se reconhece
Na foto passada ou no espelho de agora?
Hoje é do jeito que achou que seria
Quantos amigos você jogou fora?
Quantos mistérios que você sondava
Quantos você conseguiu entender?
Quantos segredos que você guardava
Hoje são bobos ninguém quer saber?
Quantas mentiras você condenava?
Quantas você teve que cometer?
Quantos defeitos sanados com o tempo
Eram o melhor que havia em você?
Quantas canções que você não cantava
Hoje assobia pra sobreviver?
Quantas pessoas que você amava
Hoje acredita que amam você?

21/08/2008 22:04  

Este comentário foi removido pelo autor.

21/08/2008 22:04  

''É na mudança que as coisas acham repouso.''

e tenho dito!

p.s: dá uma passadinha no meu blog?
www.meninadreams.blogspot.com

22/08/2008 07:36  

Serenidade... difícil, né?







** Cada dia que vejo a fotinha da Valentina, a acho mais fofa! rs

22/08/2008 11:17  

Dani,
deve estar linda heim!!!

Estrela,
Você e suas sábias palavras, fico indignada! rssss
O tempo realmente tem feito coisas boas por mim, a frase "dê tempo ao tempo" não me incomoda mais. Acho que a maturidade tem me feito perceber melhor as ações dele...
Linda a letra hã? Mas o resultado desta lista não seria muito bom...rsss

Dri,
Difícil mas quando descoberta é bom demais!
Bom, eu sou bem suspeita para dizer que ela é fofa, já que babo que nem uma tonta por ela...rssss
Ela está mais para linda, maravilhosa, gostosa...hahahaha


bjs

22/08/2008 12:17  

Poxa, se tivesse vindo mais cedo, teria postado a música sugestão da Estrela no meu post de hoje.

Karen, me passa seu email, quero falar mais sobre sua vinda.

Bjos.

Ah, estou louca pra ler o post polêmico. Você pode colocar a imagem de uma máscara para ilustrar, rs...

22/08/2008 16:29  

Karen,
tenha um ótimo final de semana!!!
beijos
Maria Carla

22/08/2008 17:53  

Desculpe, sou criança, "porque" é uma palavra que faz parte do xereta que gosta de descobrir.

porque
[De por + que.]
Conjunção.
1.Designa causa; em razão de que; pelo motivo de; porquanto:
“Eu canto porque o instante existe / e a minha vida está completa.” (Cecília Meireles, Obra Poética, p. 4.) [Cf. por que, por quê e porquê.]


Sei que nem sempre você saberá explicar, expor de forma clara, sucinta e objetiva (como acredito ser da sua pessoa) então apele para o seu instinto, faça uma mimica, uma careta ou o que você crer ser a melhor expressão de formar um pensamento.

24/08/2008 00:15  

Vou solicitar sua presença no próximo show do Oswaldo, já que foi uma sugestão unânime.

24/08/2008 00:18  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial