Blogger Template by Blogcrowds.

Paciência

Acordei hoje e vi o dia lindo que está aqui. Adoro a vista da minha casa. Bem rara em São Paulo. O céu azul e ensolarado traz de volta um gostinho de infância, quando eu morava em Atibaia e o céu era sempre azul. Quando o ano demorava a passar, o natal nunca chegava, e as férias passavam rápido. Adorava época de férias para vir a São Paulo, hoje quero sair correndo daqui. Como demorava para passar o ano...
Paciência sempre faltou em mim, desde que me conheço. Quando era pequena imaginava que os adultos sempre tinham tudo sob controle, pensava que ser criança não era tão bom assim, tinha que obedecer aos pais, aos professores, aos mais velhos.
Hoje, queria muito ser criança de novo e ter alguém controlando um pouco a minha vida. Engraçado como nem sempre sabemos o que fazer quando temos nas mãos algo que queremos tanto, como nossa própria vida.
Descubro cada vez mais que a paciência é uma das melhores qualidades que uma pessoa pode ter. A vida exige paciência em tudo. Paciência para atingirmos nossos objetivos, paciência para encontrar a pessoa certa, paciência para ter o emprego tão desejado, paciência para atingir um certo nível profissional, paciência para viver os 4 anos na faculdade, paciência no trânsito, paciência com os outros, paciência para esperar os 9 meses por nossos filhos, paciência para amenizar a dor, paciência durante a estrada para chegar em nosso destino mesmo que a estrada seja longa.
Acho que estou aprendendo a tê-la.

11 comentários:

Este comentário foi removido pelo autor.

16/08/2008 14:28  

Seu texto disse tudo! Gostei muito. Paciência, preciso tanto disso também...
A última frase traz esperança e isso é tão bom...
Que maravilha acordar e apreciar um céu azul.
As pessoas que não conhecem Brasília, realmente, as que só são vêem as atrocidades que os jornais informam, dos políticos, etc, não mostram a Brasília que tanto amo, onde quase o ano inteiro a gente já é presenteado com o céu, que nunca vi igual em lugar nenhuma. Aqui tem tanta energia boa. O cerrado belíssimo, cachoeiras mais lindas ainda. Enfim, depois envio umas fotinhas pra vc.
Alias, vc conhece Brasília? rs...
Bjs,
Sheyla.

16/08/2008 14:30  

Este comentário foi removido pelo autor.

16/08/2008 14:30  

Oi Sheyla,
Como dizem os mais velhos "paciência é uma virtude".
Não conheço Brasília não...

Mande as fotos sim.
bjs

16/08/2008 19:35  

Suspiro...
Paciência é a ciência da paz, minha Sinhá vive dizendo.
Eu supunha ter paciência, mas tenho visto que não.
Essa música, estava ouvindo no outro dia...
Eu preciso ter tanta paciência comigo, com o mundo, com a ordem natural das coisas.
E ter o controle nas mãos nos deixa sem ação mesmo. Às vezes.
É preciso sabedoria para usar o poder, para decidir sobre que rumo tomar e arcar com as consequências, pagar o preço.
A beleza da criança, é saber ver a perfeição da vida, no movimento dos astros, na certeza de que tudo passa, e mesmo com toda a pueril ansiedade, saber que o AGORA é o mais importante controle que possuímos. Não temos nenhum poder sobre o resto!

Que tenhamos paciência para continuarmos essa vida, tão rara...

Sopro de Eves!

16/08/2008 22:25  

Michelle,

Este tempo natural das coisas é que é tão difícil de ter paciência né...quando somos crianças nem fazemos idéia que este tipo de tempo existe....vamos contrariar Lenine um pouco e não fingir, mas termos mesmo paciência neste vida tão rara não pára.

bjs

17/08/2008 13:43  

Meu Deus, te devolvi meu filho no dia 04/03/2004> Quero lhe fazer um pedido
> Acabo de lhe entregar o mais belo dos anjos
> O mais belo sorriso que já iluminou esse mundo
> O mais gostoso abraço que alguém poderia dar
A mais carinhosa gargalhada que poderia ser ouvida
O mais sincero amor de uma criança
O mais travesso que poderia existir
> Lhe entreguei o que me eras mais precioso nesta vida
> Lhe entreguei todos os meus sonhos num só momento
> Tente apenas me fazer compreender o porquê
> Tente fazer que eu sinta cada vez que eu fechar os meus olhos
> Aquela mão doce me tocando
> Tente me fazer olhar pra frente e não ter medo
> Ter a coragem suficiente que necessito para continuar
> Nessa estrada que está tão cheias de pedras
> Faça-me não sentir vontade de tê-lo
> mais nessa vida
> Faça-me compreender realmente que ele é o mais novo anjo no céu
Faça-me ajudar acreditar que o mundo será bem melhor com sua ajuda
> Faça-me acreditar que tudo era preciso
> Faça-me nunca perder minha fé por nenhum instante
> Faça-me sentir a mais doce saudade (te amo meu anjo feliz aniversário (23/02/1984.).
> sinto mãe orfão;
> MÃE ORFÃ:
> ser mãe orfã ; É Sofrer sozinho calado, mesmo tendo ajuda de parente e amigos.
É exister sem viver plenamente
É, horar mesmo quando está sorrindo.
É ter tudo no mundo, e não ter nada ao mesmo tempo.Nós, mães, infelizmente, sabemos que a vida que vamos viver daquele dia em diante é uma OUTRA VIDA, aquela que consiste do que sobrou de nossa "antiga vida"... Porque no dia em que perdemos um filho, uma considerável parte de nós morre junto... Dos cacos que sobram, montamos uma "coisa" meio parecida com uma "vida" e, assim, vivemos tentando convencer aos outros que conseguimos sobreviver à tragédia...
> Fazemos, sim, nossa parte: a cada amanhecer procuramos dentro de nós mesmas uma força, que não sabemos onde está e nem se ainda existe, para que passemos mais aquele dia sem pensar no que nos aconteceu... E só Deus para, diariamente, renovar essa força...
> Mas... nunca mais seremos as mesmas.... nunca mais...
"QUANDO SE PERDE OS PAIS,PERDE-SE O PASSADO,QUANDO SE PERDE UM FILHO ,PERDE-SE O FUTURO."

18/08/2008 11:49  

Uma mãe assim como vc, porem com a sorte de viver 20 anos com sua alegria...que Deus possa nos confortar

Queria apenas por um momento,
Poder apagar o passado,
Poder estar ao seu lado,
Para dizer que te amo.
-----------------s2----------------------

Queria apenas por um instante,
Poder tocar a tua face,
Poder ter o teu amor,
Poder sonhar um pouco mais.
-----------------s2----------------------

Queria apenas por um minuto,
Poder ser um daqueles silêncios,
Que quando menos se espera,
Surpreende de forma irreverente.
-----------------s2----------------------

Queria apenas por um segundo,
Poder ser parte do teu pensamento,
Poder ser a cada instante,
Uma lembrança constante,
Que não se apaga mais.
-----------------s2----------------------

Enfim, queria apenas uma chance,
Para ter um momento do teu amor,
Um minuto do teu silêncio, e...
Todos os segundos do teu pensamento!!!

Feliz é aquele que Deus deu um dom de ver seu filho nascer e jamais sentir a dor de ve-lô morrer"

18/08/2008 12:38  

Anônimo,
Provavelmente você tambêm perdeu seu filho...

Pelos seus versos você acredita bastante em Deus, e eu apesar de ser bem cética quanto a isso gostaria de lhe dizer umas palavras...

Se Deus existe mesmo, ele com certeza sabe o que faz. Uma mãe que perde um filho, perde uma parte de si também, mas de maneira alguma perde seu futuro. Por maior que seja a dor creio que temos o futuro exatamente para isso, para superar e tentarmor ser felizes o máximo que nos for permitido. Em momento algum devemos nos lamentar e agir como se o mundo tivesse acabado, eu, pelo menos estou seguindo em frente, sei que a minha filha me acompanhará para sempre pois o meu amor por ela faz com que ela esteja viva dentro de mim.

Vejo muitos blogs de mão que perderam bebês como eu, e muitas já pasado mais de 3 anos ainda se lamentam. É muito triste. A situação já é triste, mas estamos vivas e outras pessoas existem ao nosso redor, não podemos morrer por dentro. Nossos filhos nasceram por algum motivo e com certeza não foi para nos fazer morrer com eles.

Feliz é aquele que mesmo perdendo um filho consegue recuperar a alegria de viver.

Bj

18/08/2008 13:05  

Paciência. A minha foi colocada à prova nesses últimos dias...

Esse post me caiu como uma luva!

Karen, obrigada por me fazer refletir.

beijos

MAria Carla

21/08/2008 14:30  

Maria Carla,
Me causou estranheza seu sumiço, agora está explicado! Paciência é mesmo um dom, não é a toa que faz parte dos ensinamentos do budismo....

bjs

21/08/2008 15:46  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial